a

Lorem ipsum dolor sit amet, conse ctetur adip elit, pellentesque turpis.

Bem Vindo!     Contato: +55 (11) 3732 2032      WhatsApp: (11) 98446-0111      Siga-nos

 

IGESC

Webinar Agradecimento

Webinar Diálogos de Impacto – Agradecimento

A situação de urgência sem precedentes imposta pela pandemia do novo corona vírus resultou em volumes de doações históricos, mas também trouxe incertezas sobre o futuro da atuação das organizações e suas fontes de recursos. Para refletir sobre esse contexto e tentar apontar caminhos, no último dia 3 de junho, o Instituto GESC em parceria com a Startup Portuguesa eSolidar promoveram um webinar para discutir as perspectivas da mobilização de recursos no cenário pós Pandemia, analisando os impactos na cultura de doação e as consequências do inevitável agravamento da crise econômica.

No contexto da responsabilidade social é esperado que muitas empresas internalizem ainda mais seu compromisso com a sociedade, a começar por seus colaboradores, conforme apontou Rui Ramos, CEO do eSolidar que acredita que os empresários e doadores individuais já estão adotando práticas diferentes e mais engajadas pois essa postura também será cobrada pelo consumidor e opinião pública.

Essa atuação buscando trazer benefícios para toda a cadeia e não apenas para os acionistas, conforme explicou o Conselheiro do Instituto GESC Aron Zylberman, a partir do conceito de ESG – Enviromental, Social and Governance que busca avaliar a sustentabilidade financeira e impacto social das empresas e vem sido amplamente discutido em fóruns econômicos como Davos, mostra que podemos estar caminhando para um capitalismo com menos foco nos Shareholders (acionistas) e mais foco nos Stakeholders (todos os atores sociais impactados).

Num cenário de escassez de recursos é imperativo que as organizações busquem uma atuação cada vez mais profissional e com total transparência. A tendência de aumento da população vulnerável torna cada vez mais urgente e inadiável que as organizações repensem suas formas de captação de recursos, buscando alternativas para garantir sua sustentabilidade e autonomia com menos dependência de doações e mais atuação em rede, como forma de ganhar eficiência e garantir sua sobrevivência.

 

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese